Outubro Rosa: Mês terá semana da prevenção e promoção da saúde da mulher

Todos os anos a Campanha Internacional do Outubro Rosa alerta as mulheres sobre a importância do diagnóstico precoce na prevenção do Câncer de Mama. Durante todo mês de outubro, o Governo do Estado em parceria com as Secretarias Municipais de Saúde, órgãos e entidades da sociedade civil se mobilizam para informar a mulher sobre a importância do diagnóstico precoce na prevenção do câncer de mama.

Ter informação, saber se prevenir e onde buscar ajuda é muito importante e aumentam as chances de cura.

Para implementar uma Política Estadual de Saúde da Mulher que garanta ações efetivas e propositivas a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) e a Secretaria de Estado das Mulheres, da Juventude, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos (Semjidh) farão Cirandas Regionais de 13 de outubro a 16 de novembro.

O objetivo é realizar uma escuta qualificada das mulheres; mapear suas necessidades em saúde, além de estimular os municípios a elaborarem os seus Planos Municipais de Atenção Integral a Saúde da Mulher. A quarta região de saúde, com sede em Caicó, será a primeira a receber a Ciranda, no dia 13 de outubro, encerrando com a 1ª região de saúde, em São José de Mipibu, no dia 16 de novembro.

Semana da Prevenção e Promoção da Saúde da Mulher

Para ampliar o acesso do público feminino e estimular a realização de exames preventivos e orientações as mulheres, a Sesap vai realizar também a Semana da Prevenção e Promoção da Saúde da Mulher.

A ação acontece de 22 a 29 de outubro quando todos os municípios serão convidados a participar garantindo a equidade nas atividades, pensando em todas as especificidades do público, mulheres quilombolas, indígenas, trans, bissexual, em situação de rua e privadas de liberdade.

Câncer de mama

O câncer de mama é o tipo mais comum entre as mulheres no mundo, no Brasil e no Rio Grande do Norte. De acordo com estimativas do Instituto Nacional do Câncer (INCA/MS), serão 1.130 casos novos de câncer de mama para cada ano do triênio 2020-2022 em todo o Estado do RN, com um risco estimado de 61,85 casos para cada 100 mil mulheres.

Em 2020, no Rio Grande do Norte ocorreram 198 óbitos por câncer de mama feminina, na faixa etária de 30 a 69 anos, o que equivale a um risco de 11,59 por 100 mil/mulheres. A incidência desse câncer se configura entre as primeiras posições das neoplasias malignas femininas, seguido dos cânceres de traqueia-brônquios-pulmão, colo do útero, cólon-reto-ânus e estômago.

Durante a pandemia da Covid-19 não houve restrições para realização das mamografias para diagnóstico, mulheres em acompanhamento, com história familiar e mulheres que apresentaram sinais e sintomas. Em 2020, a Sesap/RN realizou na rede SUS 40.995 mamografias bilaterais de rastreamento e 63.641 exames citopatológicos de rastreamento, na faixa etária de 50 a 59 anos e 25 a 64 anos, respectivamente.

Existe uma parceria da Sesap com o Serviço Social do Comércio (SESC), instituição do Sistema Fecomércio-RN e o Grupo Reviver-Natal, realizando mamografias durante todo o ano desde 2014.

SERVIÇO:

• Cronograma de Ações das Cirandas Regionais

13/10 – 4ª REGIÃO (Caicó) – 13h

14/10 – 5ª REGIÃO (Santa Cruz) – 8h

19/10 – 2ª REGIÃO (Mossoró) – 13h

20/10 – 8ª REGIÃO (Assu) – 8h

26/10 – 6ª REGIÃO (Pau dos Ferrso) – 13h

04/11 – 3ª REGIÃO (João Câmara) – 8h

09/11 – 7ª REGIÃO (Metropolitana) – 8h

16/11 – 1ª REGIÃO (São José de Mipibu) – 8h

• Onde buscar tratamento contra o câncer no RN:

Natal:

• Hospital do Coração de Natal (Unacon)

• Hospital Dr. Luiz Antônio/Liga Norteriograndense Contra o Câncer (Cacon com serviço de Oncologia Pediátrica)

• Hospital Infantil Varela Santiago/Instituto de Proteção e Assistência a Infância do Rio Grande do Norte (Unacon exclusiva de Oncologia Pediátrica)

• Hospital Universitário Onofre Lopes – HUOL (Unacon)

• Natal Hospital Center S/C Ltda (Unacon)

Mossoró:

• Hospital da LMECC (Unacon com serviço de Radioterapia)

• Hospital Wilson Rosado (Unacon)

Foto: ELISA ELSIE

Agricultores familiares da Rede Xique-Xique ganham certificação orgânica

O Governo do Rio Grande do Norte deu nesta quinta-feira (30) mais um importante passo no apoio à produção da agricultura familiar. Os 17 núcleos de produtores que somam 150 famílias reunidos na rede Rede Xique-Xique agora terão a certificação de produtos orgânicos e receberam um veículo modelo Gol.

Fátima Bezerra, acompanhada do vice-governador Antenor Roberto, ressaltou que ainda é preciso ampliar o circuito das feiras da agricultura familiar em todo o RN, porque é um setor que gera trabalho e renda à população, oferecendo alimentos saudáveis e com muita variedade à população. Ela informou que o Governo vai lançar nos próximos dias o Programa Estadual de Convivência com o Semiárido e continuar com a perfuração e instalação de 635 poços (300 já perfurados) a serem entregues com o sistema de bombeamento de água funcionando.

“Neste 30 de setembro, quando comemoramos a libertação dos escravos em Mossoró que aconteceu cinco anos antes da Lei Áurea, estamos aqui fortalecendo importante setor da economia e também prestigiando a Uern, uma das maiores instituições de Mossoró e do Rio Grande do Norte. Vamos enviar à Assembleia Legislativa projeto de Lei que assegura a autonomia financeira da universidade. Assim como estamos defendendo e fortalecendo a agricultura familiar, estamos defendendo e fortalecendo a Uern. Fazer isso é defender e fortalecer a cidadania e a democracia”, declarou a governadora.

A Bodega Xique-xique comercializa a produção da agricultura familiar de frutas, hortaliças, castanha caju, ovos caipira, mel de abelhas e de caju, doces, frutas desidratadas, polpa de frutas, queijos, manteiga de garrafa, arroz vermelho, gergelim, pães, biscoitos, cachaça, óleos de côco e de Licuri, própolis, flor de sal. E mantém intercâmbio com associações de outros estados para enviar e receber produtos.

Neneide Lima, presidente da Cooperxique considerou o momento como ímpar. “A presença da governadora em nosso espaço muito nos honra. Lembro quando iniciamos com muitas dificuldades para termos um espaço para comercialização. Hoje, conquistamos com o apoio decisivo do Governo do Estado e estamos ampliando nosso mercado. A conquista da certificação orgânica também é fundamental para nós e para a sociedade, pois assegura produtos limpos, livre de agrotóxicos. Só temos a agradecer a este governo verdadeiramente popular.”

“O que o Governo do RN está fazendo é a realização de coisas sonhadas há muito tempo”, disse o secretário de Estado do Desenvolvimento e da Reforma Agrária (Sedraf), Alexandre Lima e acrescentou: “A certificação participativa é mais um passo. Demos total apoio e isto mostra o compromisso de governo e de vida com a Agricultura Familiar. A Rede Xique-xique é referência nacional e credenciada. O alimento produzido aqui é vida e história. Vender a produção é assegurar renda e autonomia ao produtor, é oferecer alimento limpo, sem agrotóxicos produzidos pelas famílias no campo”. Titular da secretaria de Estado de Gestão de Metas e Relações Institucionais (Segri) e coordenador do Programa Governo Cidadão, Fenando Mineiro destacou o “trabalho integrado de muitas mãos, parcerias eficientes, sérias e comprometidas que acabam proporcionando momentos como este, de reais conquistas para o nosso povo”.

Representando a Assembleia Legislativa, a deputada Isolda Dantas destacou a importância de fortalecer a agroecologia, o feminismo e a economia solidária. “Aqui tem muitas vidas dedicadas. Essa é grande rede que articula a produção e comercialização orgânica feita pelos que produzem. Agradecemos aos produtores pela força de lutar e ao governo da professora Fátima pelo apoio e comprometimento”. A senadora Zenaide Maia disse que “aqui temos o resultado de pessoas que se deram as mãos e tiveram o apoio do Governo do Estado que tem olhar e ações diferenciadas. Estão todos de parabéns”, disse.

Na nova sede da Bodega Xique-xique em Mossoró, a governadora também foi acompanhada pela secretária de Comunicação, Guia Dantas; do secretário de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, João Maria Cavalcanti; da  adjunta do Gabinete Civil, Socorro Batista; da Emater, César Oliveira; do presidente Fundação José Augusto, Crispiniano Neto; do subsecretário da Juventude da Semjidh, Gabriel Medeiros; diretor do Idiarn, Mário Manso e do adjunto da SAPE, Marcelo Junior. Também participaram a coordenadora geral da rede Xique-xique, Nara Rafaele; a coordenadora  da Cecafes e Unicafes, Fátima Torres; a vereadora Marleide Cunha; o diretor técnico do Sebrae, João Hélio; do Centro Feminista 8 de Março, Rejane Cleide; o coordenador da Asa Potiguar, Marcírio Lemos; do Grupo Mulheres em Ação, Francisca Damasceno; da Comissão Pastoral da Terra, Nilton Junior;  representantes da Cooperativa Agricultores Familiares Mossoró e Região, da  Associação de Produtores  Familiares  de Mossoró, de assentamentos da reforma agrária, sindicatos de trabalhadores rurais, secretários municipais de Mossoró, Tibau, Apodi, Felipe Guerra e Baraúnas.

Foto: ASSECOM

Covid-19: 300 milhões de doses de vacina foram distribuídas

O Ministério da Saúde divulgou na noite desta sexta-feira (1º) que atingiu a marca de 300 milhões de doses da vacina contra a covid-19 distribuídas para todos os estados do país e o Distrito Federal. De acordo com o ministério, a campanha de vacinação é a maior da história do país.

Ainda de acordo com a pasta, mais de 55% da população adulta já recebeu a segunda dose ou dose única da vacina e mais de 93% da população adulta foi vacinada com a primeira dose. 

Ontem foi divulgado que o mês de setembro registrou o menor número de óbitos pela doença neste ano. Foram aproximadamente 3,6 mil óbitos, uma redução de 84,27% em relação a abril, mês com o maior número de registros em 2021. Conforme o ministério, a média móvel de mortes nos últimos 14 dias foi 536,36.

Conforme boletim epidemiológico divulgado na quinta-feira, 1.828 municípios brasileiros não tiveram registros de novos óbitos e 1.123 cidades não registraram novos casos da doença.

Agência Brasil

Foto: Carlos Reinis/Band

MasterChef Brasil promove repescagem entre os 13 participantes eliminados

O clima de tensão promete tomar conta da cozinha mais famosa do país na próxima terça-feira (5). No 14º episódio da temporada do MasterChef Brasil, os 13 eliminados voltam ao estúdio para uma repescagem. Na primeira etapa do programa, eles terão de vencer três rounds com a proteína mais consumida no mundo: o frango.

Mas, como nada é tão simples no talent show da Band, os cozinheiros vão receber uma ave inteira e, à medida em que disputam as fases, devem escolher apenas uma parte para compor a receita, o que demanda conhecimento, habilidade e estratégia. Para complicar a vida dos participantes, o tempo de prova também será mais apertado.

Primeiro são 45 minutos, depois 30 minutos e, por último, apenas 20 minutos, ou seja, saber escolher a parte do frango para cada momento é fundamental. Mais afiados do que nunca, os jurados Erick Jacquin, Helena Rizzo e Henrique Fogaça não vão aceitar receitas secas e sem coerência. Alguns voltam para casa logo de cara e, quem sobreviver, segue para uma prova de fogo.

No segundo desafio, os competidores vão encarar uma disputa em dupla. A proposta é que eles façam versões de comidas de rua de três países diferentes: tempurá (Japão), ceviche (Peru) e taco (México). São pratos complexos, cheios de sabores e processos. Os pares vão trabalhar ao mesmo tempo e precisam se organizar para dividir as tarefas.

Para dar um apoio moral, o programa traz Vitor Bourguignon, que venceu uma repescagem durante a quarta temporada, em 2017, e foi campeão do MasterChef – A Revanche em 2019, e Hugo Merchan, que também garantiu uma nova chance no jogo e ficou em segundo lugar na quinta temporada, em 2018.

Ao final do tempo estipulado, os participantes apresentam suas criações e os chefs elegem a melhor dupla da noite, que irá se enfrentar para conquistar a vaga da repescagem. No entanto, uma surpresa muda totalmente o rumo da competição, deixando os competidores apavorados.

Premiação
Além do troféu, grande símbolo do melhor chef amador do país, a SumUp irá rechear a conta do melhor cozinheiro da temporada com R$ 300 mil. A empresa também vai oferecer ao vencedor de cada prova individual um prêmio de mil reais. O novo MasterChef Brasil ganhará da Amazon R$ 5 mil em compras por mês, durante um ano, para ser usado na loja amazon.com.br. Já a Claro vai levá-lo com um acompanhante para um destino gastronômico inesquecível, com o intuito de conectá-lo com tudo o que mais ama.

A Britânia dará ao vencedor produtos dignos de chef, enquanto a Brastemp o presenteará com uma cozinha completa da linha Gourmand. Já a Seara convidará o vencedor a participar do time de Chefs Influenciadores da marca para o desenvolvimento de receitas. O grande campeão ainda terá a oportunidade de fazer um curso de técnicas tradicionais da culinária francesa na Le Cordon Bleu Brasil. O segundo colocado também ganhará um curso de habilidades e técnicas da pâtisserie.

O MasterChef Brasil é uma coprodução Band/Endemol Shine Brasil/Discovery Home & Health baseada no formato da Endemol Shine Group. O talent show vai ao ar toda terça-feira, às 22h30, na tela da Band, com transmissão simultânea no Portal da Band e no aplicativo Bandplay. A atração também é exibida toda sexta-feira, às 19h40, no canal Discovery Home & Health.

Foto: Reprodução / Band RN

No RN, mais de 5 mil pessoas receberam atendimento antirrábico; vacine seu pet

No Rio Grande do Norte, 5.039 pessoas foram atendidas nos serviços de saúde vítimas de agressões por animais considerados potencialmente transmissores de raiva, entre a 1ª e 36ª semana epidemiológica deste ano, representando uma redução de 42,29% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram notificados 8.731 casos, aponta o Boletim Epidemiológico da Raiva emitido pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap).

A redução está provavelmente associada ao atual contexto sanitário da pandemia da Covid-19, em decorrência das recomendações de distanciamento social e isolamento domiciliar, as quais contribuíram para uma redução de exposição ou fez com que a população evitasse procurar uma unidade de saúde para atendimento.

Na Região Metropolitana, onde se concentra o maior número de atendimentos, foram registrados 1.918 atendimentos, equivalente a 38,1%. A 2ª regional de saúde (Mossoró) registrou 1.243 atendimentos (24,7%); 3ª regional de saúde (João Câmara) – 358 (7,1%); 4ª regional de saúde (Caicó) – 397  (7,9%); 5ª regional de saúde (Santa Cruz) – 194 (3,8%); e, 6ª regional de saúde (Pau dos Ferros) – 485 (9,6%).

De acordo com o boletim, os cães são responsáveis por 65% das agressões (3.268 casos), seguida dos gatos com 29% (310 casos), e as demais espécies de animais responsáveis por 6% (310 casos registrados).

A raiva é uma zoonose viral caracterizada como encefalite progressiva e aguda que apresenta letalidade em aproximadamente 100% dos casos. A transmissão se dá por meio da penetração do vírus contido na saliva do animal infectado (cães, gatos, morcegos, raposas, primatas e outros do ambiente rural), principalmente pela mordedura e, raramente, pela arranhadura e lambedura de mucosas.

Prevenção

Uma das principais forma de prevenção da raiva, tanto em áreas urbanas como em áreas rurais, ocorre mediante manutenção de altas taxas de cobertura vacinal nos animais domésticos (cães e gatos) e animais de produção (vacas, ovelhas porcos, cavalos, entre outros). Nesse sentido, neste sábado (2), acontece o dia “D” da Campanha de Vacinação Antirrábica para cães e gatos em todo Rio Grande do Norte. 

A expectativa é que sejam vacinados 659.283 animais, sendo 463.259 cães e 196.024 gatos. Podem ser vacinados cães e gatos saudáveis acima dos 3 meses de idade. A recomendação é que os tutores levem os animais aos pontos de vacinação contidos em guias/coleiras ou caixa de transporte por pessoas com capacidade física para contê-los e, preferencialmente, levando a carteira de vacinação do pet.

A Sesap orienta que, em caso de agressão por qualquer animal potencialmente transmissor, deve-se lavar o local com água corrente e sabão e procurar atendimento médico imediatamente para receber o tratamento preventivo (soro e/ou vacina), caso seja necessário.

Iniciada em 13 de setembro, a campanha se estende até o dia 13 de novembro. Para mais informações sobre o horário e localização dos pontos de vacinação, procure a secretaria de saúde de seu município.

Foto: Marcello Casal Jr. / Agência Brasil Economia

Caixa paga neste sábado auxílio emergencial a nascidos em novembro

Trabalhadores informais nascidos em novembro recebem hoje (2) a sexta parcela da nova rodada do auxílio emergencial. O benefício tem parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família.

O pagamento também será feito a inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos no mesmo mês. O dinheiro será depositado nas contas poupança digitais e poderá ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem. Somente de duas a três semanas após o depósito, o dinheiro poderá ser sacado em espécie ou transferido para uma conta-corrente.

As datas da prorrogação do benefício foram anunciadas em agosto. Ao todo, 45,6 milhões de brasileiros serão beneficiados pela nova rodada do auxílio emergencial. O auxílio será pago apenas a quem recebia o benefício em dezembro de 2020. Também é necessário cumprir outros requisitos para ter direito à nova rodada.

Calendário de pagamento da sexta parcela do auxílio emergencial

Calendário de pagamento da sexta parcela do auxílio emergencial – Caixa/Divulgação

Para os beneficiários do Bolsa Família, o pagamento ocorre de forma distinta. Os inscritos podem sacar diretamente o dinheiro nos dez últimos dias úteis de cada mês, com base no dígito final do NIS.

O pagamento da sexta parcela aos inscritos no Bolsa Família começou no último dia 17 e terminou em 30 de setembro. O auxílio emergencial somente é depositado quando o valor for maior que o benefício do programa social.

Em todos os casos, o auxílio está sendo pago apenas a quem recebia o benefício em dezembro de 2020. Também é necessário cumprir outros requisitos para ter direito à nova rodada.

O programa se encerraria em julho, mas foi prorrogado até outubro, com os mesmos valores para as parcelas.

Fonte: Agência Brasil

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Natal amplia públicos em vacinação com a terceira dose neste sábado (2)

A Prefeitura do Natal vai ampliar a faixa etária de público para receber a terceira dose neste fim de semana. A Secretaria Municipal de Saúde (SMS/Natal) vai receber o público de 80 anos e mais neste sábado (2), além do público de 70 anos e mais na segunda-feira (4), em qualquer ponto de aplicação. Pode receber a terceira dose quem tiver concluído o esquema vacinal, com duas doses ou dose única de qualquer imunizante, há pelo menos seis meses. É necessário levar carteira de vacina, comprovante de residência e documento com foto.

Equipes da SMS/Natal também estão vacinando os acamados domiciliados que possuem cadastro nas UBS. Para mais informações sobre a fila dos drives, documentação, prazos, locais de vacinação e perguntas frequentes, basta acessar a plataforma Natal Vacina através de vacina.natal.rn.gov.br.

PRIMEIRA DOSE
Pessoas a partir de 12 anos que ainda não tomaram a primeira dose, podem se dirigir a um dos drives de vacinação para atendimento. Para agilizar a vacinação é importante o cadastro prévio na RN Mais Vacinas.

SEGUNDA DOSE
CORONAVAC
As pessoas que completaram os 28 dias da primeira dose do imunizante Coronavac podem procurar as UBS do município ou qualquer drive-thru para receber a segunda dose.

OXFORD
UBS do município e todos os drives estarão com aplicação da D2 da Oxford para quem se vacinou até o dia 19 de julho.
Grávidas que tomaram a D1 de Oxford.
As gestantes que tomaram a primeira dose com o imunizante Oxford e que, por recomendação do Ministério da Saúde, não tomaram a segunda dose poderão completar seu esquema vacinal com o imunizante da Pfizer e em todas as UBS do município ou qualquer ponto de aplicação.

PFIZER
A segunda dose da Pfizer está disponível nas UBS do município ou nos drives Nélio Dias, Palácio dos Esportes, Via Direta ou ginásio do Sesi para quem tomou a primeira dose até 06 de agosto.

VÍDEO: Governo adia recebimento de propostas de empresas para construção do Costeira Parque

O recebimento e a abertura das propostas para a construção do Costeira Parque, na Via Costeira de Natal, estava previsto para o dia 23 de setembro, mas, devido a um impasse na licitação da obra, o Governo do RN deve definir uma nova data para as empresas interessadas em realizar o empreendimento. O projeto será realizado na área mais conhecida como “os pinheiros da via costeira”.

VEJA VÍDEO ABAIXO:

Foto: Elisa Elsie

Restauração do Forte dos Reis Magos chega à reta final

Paredes restauradas, piso e teto novos, acessibilidade para pessoas com deficiência e readequação da passarela de acesso, das salas de exposição e das lojinhas. E, finalmente, uma estação compacta para tratar água e esgoto dos banheiros. Esses e outros benefícios realizados no Forte dos Reis Magos foram vistoriados pela governadora Fátima Bezerra e pelo vice-governador Antenor Roberto, nesta sexta-feira (1º), durante o recebimento provisório da obra.

O investimento na edificação histórica somou R$ 4,7 milhões em recursos estaduais, viabilizados pelo Projeto Governo Cidadão junto ao empréstimo com o Banco Mundial, em parceria com a Secretaria Estadual de Turismo (Setur) e a Fundação José Augusto (FJA). A fiscalização foi feita pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Histórico da obra

O serviço de restauração do Forte havia começado ainda em 2018, mas chegou a apenas 3,9% de execução no final daquele ano, devido a erros de planejamento e outras inconsistências. A retomada da obra só foi possível graças a um Termo de Ajustamento de Gestão entre o Governo do Estado e o Tribunal de Contas do Estado, firmado em setembro de 2020. “Estivemos aqui há um ano e firmamos esse compromisso que estamos entregando hoje”, recorda o secretário de Gestão de Projetos e Metas, Fernando Mineiro, coordenador do Governo Cidadão.

Na pandemia, uma das dificuldades de se executar a obra foi, por exemplo, encontrar no mercado o tipo de cabo específico para a finalização da rede elétrica. À executora da obra, empresa PS Engenharia LTDA cabe, ainda, acertar detalhes de acabamentos.

Após o recebimento definitivo que poderá ocorrer em até 90 dias, para depois serem emitidos os documentos de Habite-se e AVCB, o local continuará a ser gerido pela FJA. De acordo com o diretor geral do órgão, Crispiniano Neto, “teremos um ano marcante para a cultura potiguar, com tantos equipamentos culturais sendo reabilitados e entregues novamente ao povo potiguar”.

Equipamentos culturais

O diretor referiu-se ao fato de que, ainda por meio do Governo Cidadão, estão em andamento as obras de restauro do Teatro Alberto Maranhão (R$ 9,6 milhões), a instalação da caixa cênica do Teatro (R$ 2,5 milhões), as obras complementares ao restauro da Biblioteca Câmara Cascudo e do Memorial Câmara Cascudo (R$ 357 mil) e o restauro da Pinacoteca/ Palácio da Cultura (R$ 6,4 milhões).

Neste ano, já foram finalizadas as obras de restauração e ampliação da Escola de Dança do TAM (entregue em maio após investimento de R$ 1,9 milhão) e a reforma do Papódromo (entregue em abril após R$ 11 milhões em benefícios). Os dois locais já estão em funcionamento.

Sobre o Forte dos Reis Magos

A edificação militar histórica foi o marco inicial de Natal, fundada em 25 de dezembro de 1599, ao lado direito da barra do Rio Potengi – hoje próximo à Ponte Newton Navarro. Recebeu este nome em função da data de início da sua construção, 6 de janeiro de 1598, dia de Reis pelo calendário católico.

Tombado em 1949, o Forte esteve sob administração da FJA até 2013, quando passou para o IPHAN. A última obra de recuperação ocorreu há mais de 15 anos.

Em maio de 2017, o Forte retornou à gestão do Governo com uma cessão inicial de 20 anos, após quatro anos sob a administração do IPHAN. A condição em que o prédio foi entregue obrigou o início do processo de restauração.

Estiveram presentes ao evento o deputado estadual Francisco do PT, Adriano Platiny (Patrimônio da União), Ilana Lima (Iphan), Álcio Pereira (Diretor da PS Engenharia), Leide Câmara (Academia Norte-rio-grandense de Letras), Pedro Brito (OAB), Hugo Manso (ex-vereador), além de trabalhadores da construtora, servidores estaduais e a imprensa.

Também participaram os secretários estaduais Ana Maria Costa (Setur), Gustavo Coelho (Sin) e Francisco Araújo (Sesed), além de Manoel Marques (DER), Leon Aguiar (Idema), Fábio Henrique (diretor da FJA) e Osmir Monte (Adjunto da Sesed).

Foto: Thyago Macedo

Boletim da Balneabilidade aponta 32 trechos próprios e 1 impróprio para banho

O Boletim da Balneabilidade das praias do Rio Grande do Norte Nº 39, emitido nesta sexta-feira (1), informa que dos 33  pontos analisados, 32 praias estão próprias para o banho e um trecho está impróprio. O ponto identificado como impróprio está localizado na praia de Ponta Negra, no trecho próximo ao Free Willy.

Foram coletadas e classificadas amostras de água distribuídos na faixa costeira situada entre os municípios de Nísia Floresta e Extremoz, a fim de informar aos banhistas quais as condições das praias monitoradas.

A base dos dados analisa a quantidade de coliformes termotolerantes encontrados nas águas (Resolução nº 274/2000 do Conselho Nacional do Meio Ambiente – CONAMA).

O estudo é uma parceria entre o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema), o Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN) e a Fundação de Apoio à Educação e ao Desenvolvimento Tecnológico do RN (FUNCERN), e faz parte do Programa Água Azul.

Para conferir boletins semanais basta acessar idema.rn.gov.br