Foto: Carlos Reinis/Band

Tiago é eliminado do MasterChef em prova da empadinha: “Não era minha hora de sair”

Eliminado no 6º episódio de MasterChef, Tiago (36) ficou poucas semanas no programa, mas se entregou à competição. Fez receitas das quais se orgulha, liderou uma prova em grupo, foi classificado pelos colegas como um forte concorrente e se emocionou ao ser salvo pelo mezanino. Mandado para casa nesta terça-feira, 10, por ter tido mais erros do que acertos na prova da empadinha, o comunicólogo lamentou deixar o jogo tão cedo.

“Ainda não é a minha hora de sair, vou voltar” prometeu aos chefs na despedida. Tiago estava confiante, enxergava com clareza seu crescimento no talent show e se sentia cada vez mais confortável para cozinhar com paixão. Ficou o gostinho de “quero mais”, como conta ao Band.com. “A ficha não caiu, parece que não está acontecendo. Tenho a impressão de que estou sonhando com essa parte chata.”

Vivendo um episódio, mas sempre imaginando o que estava por vir, o brasiliense já idealizava os próximos capítulos do programa e treinava muito para conseguir mostrar sua personalidade nas provas. “É por causa desse tipo de sentimento que fica a vontade de permanecer. Eu sei que estava começando a me adaptar, conseguindo levar melhor o jogo e as execuções”, reflete. “Deve ser natural se sentir meio injustiçado, achar que outros [participantes] poderiam ter saído antes, mas faz parte”, completa.

Faltou tempo de forno para que a empadinha pudesse se destacar e garantir a permanência do competidor na competição. É um clássico do programa, ideias boas, mas que se perdem no tempo de prova e pecam por detalhes. “Visualmente talvez não estivesse a mais apetitosa, mas eu estava satisfeito quanto ao recheio e a textura da massa”, explica. Para ele, seu maior erro foi ter contado aos chefs quais eram os defeitos do prato antes mesmo deles notarem. “Eu talvez me arrependa de ter falado que poderia estar um pouquinho crua. Talvez fosse importante aumentar a verdade. Tentei depois do resultado final, mas não adiantou muita coisa.”

De agora em diante, o brasiliense planeja aproveitar os frutos do MasterChef e viver novas experiências. Seja como comunicador, cozinheiro, produtor de conteúdo ou o que vier. “Sei que tem muita gente trabalhando em cozinhas e enfrentando dificuldades na crise. Quero tentar ajudá-los, respeitar a carreira como um todo e não ter a prepotência de achar que vou abrir um restaurante e vai dar tudo certo”, analisa

Seu plano é, por enquanto, se tornar comentarista do programa em suas redes sociais. Nem por isso deixará de treinar para uma possível repescagem ou para entrar no programa em outras edições. “Quanto antes voltar, melhor, porque estou com energia, estou treinado e posso apresentar um pouquinho mais. Já estou com vontade de fazer outra prova. Se houver uma repescagem, perfeito, estou pronto.” Esperamos te reencontrar em breve, Tiago!

Saiba tudo o que rolou no 6º episódio de MasterChef

Direto do túnel do tempo…
A segunda Caixa Misteriosa da 8ª temporada de MasterChef trouxe como convidado especial Mohamad Hindi, que participou da 1ª edição do programa, em 2014. Além da visita, o cozinheiro teve a chance de preparar uma receita com berinjela para os jurados. Mohamed deixou a cozinha elogiado por Jacquin, que se declarou: “Te amo de paixão”

Caixa misteriosa
Berinjelas de todos os tipos e tamanhos foram o ingrediente da vez na prova de classificação. Isabella, que venceu a eliminação da semana passada, pode escolher quais colegas ficariam com três caixas douradas que se destacavam no estúdio. O “presente” foi dado para Heitor, Eduardo e Pedro, que não puderam fazer mercado e tiveram que cozinhar apenas com os itens deixados em cada bancada.

Após 1 hora, na degustação, uma surpresa: sem nem mesmo gostar da fruta, Ana Paula se destacou na disputa e foi eleita a melhor cozinheira de berinjela da noite. André e Isabella também receberam elogios positivos e garantiram vaga no mezanino. Por terem sido considerados destaques negativos, Sérgio, Amanda e Kelyn foram direto para a prova de eliminação.

Fortes, médios e fracos
Grandes responsabilidades foram dadas a Ana Paula por ter cozinhado tão bem. Na sequência do desafio, a cozinheira teve que dividir os colegas que não tiveram destaque na 1ª prova em fracos, médios e fortes.

Depois de separados os grupos, Ana recebeu a difícil missão de mandar um deles direto para a prova de eliminação. Daphne, Eduardo, Luiz e Tiago, considerados por ela como fortes, foram os escolhidos para ir à berlinda. Cristina, Helena, Márcio e Raquel, dos fracos, junto a Pedro, Heitor, Renato e Juliana, dos médios, foram poupados.

Prova de eliminação
Empadinhas com dois recheios e molho de salsa picante definiram o eliminado do 6º episódio de MasterChef. Em apenas 1 hora e 3 minutos de mercado, os cozinheiros tiveram que acertar na massa e nos sabores do quitute.

Eduardo venceu a decisão com empadinhas recheadas com frango e uma versão doce com queijo e goiabada que encantou os jurados pela criatividade. Já Tiago, Sérgio e Amanda não impressionaram e foram os cozinheiros que mais apresentaram erros.

No mezanino, Heitor precisou reunir o grupo para definir quem teria uma nova chance no jogo. Amanda foi a escolhida por maioria de votos e Tiago acabou eliminado.